Semob admite ‘falha’ em fiscalização de moto roubada e vendida em leilão

Avaliador e fiscal da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), Reginaldo Alves de Faria admitiu que uma “falha de fiscalização” possa ter resultado no leilão de um veículo roubado na pasta. Durante depoimento à CPI dos Contratos na Câmara de Cuiabá, o servidor afirmou que o procedimento é de responsabilidade da empresa Rodando Legal, contratada para cuidar do pátio e da gestão dos veículos apreendidos no município.

“Foi um fato isolado, mas ao mesmo tempo muito ruim a empresa ter deixado passar um veículo roubado. Esse fato foi de total responsabilidade do fiscal que fez a vistoria nesse veículo e não percebeu que ele tinha uma ocorrência. Essa vistoria é terceirizada e contratada pela Rodando Legal”, disse nesta quarta-feira (8).

A fala se deu quando Reginaldo comentava sobre a denúncia feita pelo servidor Jeferson Fonseca, que revelou ter sido preso injustamente após comprar uma moto leiloada pela Rondando Legal. Reginaldo explicou que os automóveis roubados são encaminhados para a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) após notificação no relatório realizado pelo fiscal, o que segundo ele, não aconteceu.

“Encontrando qualquer ocorrência no veículo, ele é separado e encaminhado para a Delegacia Especializada. Ele [fiscal] não percebeu que tinha ocorrência, então eu acredito que houve uma falha”, complementou.

Questionado sobre as taxas abusivas cobradas pela empresa, Reginaldo disse que não concorda. Por outro lado, o servidor da Semob acrescentou que o valor está previsto na legislação e ainda acrescentou que seria difícil o município fazer a gestão dos veículos sem a contratação de uma empresa privada.

“Essa questão de guarda de veículo não é muito fácil. A contratação da empresa é um bem necessário e não tenho nada a reclamar. Em relação a esses valores, tem pátios que cobram bem mais que a Rodando Legal. Eu como munícipe, eu acho caro esse valor, mas infelizmente são leis”, finalizou.

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like