Prefeito é contra as medidas

A decisão do governador Mauro Mendes (DEM), de antecipar alguns feriados como forma de frear a proliferação do coronavírus no Estado, não agradou ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

Para ele, a atitude foi “precipitada” e “sem planejamento”.

O prefeito afirmou que o governador se espelhou em outro Estado e não se preocupou em ouvir os municípios sobre a medida.

“Decisão precipitada, sem nenhum planejamento. Se inspirou em São Paulo, mas não dialogou com os gestores municipais, nem com a sociedade”, disse.

Ele não descartou a possibilidade de acionar o Poder Judiciário para garantir a autonomia do municípios neste quesito.

“No outro decreto, perdemos parcialmente no Tribunal de Justiça e no Supremo Tribunal Federal, e tivemos vários dispositivos suspensos. Quanto a esse novo decreto, estamos esperando o governo concretizar pra avaliar”, disse Emanuel Pinheiro.

Mauro Mendes decidiu antecipar feriados após reunião com os deputados de sua base aliada.

Isso irá garantir dez dias consecutivos de feriado em Mato Grosso.

Entre os feriados que serão antecipados, estão Dia da Consciência negra, Corpus Cristhi, Dia do Servidor e aniversários das cidades.

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like