Bolsonaro VAI privatizar portos, aeroportos e rodovias colocar ordem na casa

Presidente Jair Bolsonaro durante coletiva ao sair do Palaácio da Alvorada, ode falou sobre a Crise dos EUA-Irã e o aumento do preço dos combustíveis Sérgio Lima/Poder360 07.jan2020

O presidente publicou um decreto nesta terça-feira (23) com a lista de empreendimentos que foram qualificados na reunião do conselho do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos) no início de dezembro.

Com o gesto, ele cumpre mais uma das etapas legais que precisam acontecer no processo. O ato é uma liberação fundamental para dar sequência a concessões e desestatizações. As próximas fases envolvem contratação de estudos, audiências públicas, Tribunal de Contas da União, edital e leilão.

A mensagem foi interpretada no setor de infraestrutura como uma tentativa de Bolsonaro de amenizar a imagem de estatizante que ficou colada a ele desde o final de semana, e que pode atrapalhar a atração de investimentos.

Entre os mais de 30 empreendimentos, a lista inclui a concessão de aeroportos como Congonhas e Santos Dumont e a desestatização da Codeba (Companhia Docas da Bahia), que administra os portos de Salvador, Aratu e Ilhéus.

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You May Also Like