Ex-assessor de deputado é acusado de agredir a ex em Cuiabá

O ex-assessor parlamentar da Assembleia Legislativa (ALMT), S.B.K., 39 anos, foi parar na delegacia após se envolver numa briga entre a ex e a atual mulher, a conselheira tutelar M.A, no Residencial Maria de Lourdes, em Cuiabá. A confusão foi presenciada pelos filhos do ex-casal e teria sido motivada por conta de uma dívida de pensão do ex-servidor, que gira em R$ 50 mil.

De acordo com o boletim de ocorrência, a confusão ocorreu no último dia 4 deste mês, quando de S.B.K foi deixar as crianças na casa da mãe, por volta das 19 horas. Ao chegar na residência, a atual companheira do ex-assessor foi tirar satisfação com a ex por conta de um mandado de prisão que foi expedido contra o marido, justamente, pelo atraso da pensão.

Em dado momento, os ânimos se exaltaram e as duas começaram a se agredir fisicamente. Foi neste momento que o assessor parlamentar segurou a ex pelos braços e a jogou no chão. Toda a situação foi presenciada pelos filhos do ex-casal.

Na sequência, a atual mulher pegou as crianças, as colocou no carro e saiu. Porém, a vítima é quem tem a guarda das crianças, e uma delas necessita de cuidados especiais. Diante da situação, a mulher acionou a Polícia Militar que a levou até a Delegacia da Mulher.

O ex-marido e a conselheira também foram registrar queixa. Em entrevista aos policiais, o casal alegou que a vítima estava atrasada para receber as crianças e que ela teria ingerido bebida alcoólica. Por conta disso, houve a discussão e eles retiraram as crianças do local.

A mãe da criança sofreu hematomas nas nádegas, joelho e braços. Por conta das agressões, o servidor chegou a ser preso no dia, por conta da Lei Maria da Penha, mas pagou fiança e foi liberado. Ele foi autuado por lesão corporal dolosa por violência doméstica.

7 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like