Filho tenta defender mãe e acaba sendo morto . Veja

Marcos Aurélio Corrêa Cordeiro, 24, morreu após ser atingido por um tiro no peito, no final da tarde de domingo (26), na porta da sua casa, no bairro Doutor Fábio 2, em Cuiabá. Ele foi defender a mãe do ex-companheiro dela, que não aceita o término e chegou bêbado no local causando desconforto na família. O autor do crime foi detido e agredido por populares até a chegada da polícia.

Polícia foi acionada por volta das 18h, após um homem ter sido detido por populares. A informação via 190 era de que ele tinha acabado de atirar contra um rapaz na porta de casa. Chegando no local, as equipes flagraram o suspeito caído no chão, bastante ferido.

Testemunha narrou que estava em casa quando ele chegou e começou uma discussão. A mãe de Marcos, que é ex-companheira dele, interviu na situação e o mandou ir embora, dizendo que ele estava bêbado. Nesse momento, o agressor foi para cima da mulher.

Marcos, ao ver a investida contra a mãe, empurrou o agressor, que logo sacou uma arma de fogo e disparou no peito da vítima, que caiu ferida no local. Testemunhas correram para segurar o suspeito, que ainda disparou mais um tiro, não atingindo ninguém.

O revólver foi tomado e ele detido, enquanto isso, populares se revoltaram e passaram a agredir o homem. O irmão do suspeito ouviu os tiros e correu para ver o que estava acontecendo, quando o encontrou sendo espancado. Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado.

Equipe médica fez o socorro do agressor, que foi levado para o Hospital Municipal. Ele estava em posse de munições de calibre 38. A arma usada, um revólver Taurus, também foi apreendido. Já a vítima chegou a ser socorrida pelos familiares, mas não resistiu e acabou morrendo na Policlínica do Planalto. Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está cuidando

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like