Mato-grossenses pagam mais de R$ 15 bilhões em impostos

Em menos de 5 meses, os contribuintes de Mato Grosso já pagaram mais de R$ 15,2 bilhões em tributos, conforme o site Impostômetro da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio MT). No país, o montante arrecadado já ultrapassa R$ 1 trilhão.

 

Hoje, 27, será realizado o Dia Livre de Impostos, evento nacional que visa conscientizar a população a respeito do quanto se paga de impostos sobre produtos e serviços. Em Cuiabá, a ação é coordenada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e conta com participação de lojas de diversos segmentos.

 

“O brasileiro trabalha em média 153 dias (5 meses) por ano só para pagar impostos. Apenas nos setores de maquiagem e eletrônicos as cargas tributárias são de 58% e 43%, respectivamente”, comentou o superintendente da CDL Cuiabá, Fábio Granja.

 

A Ótica Black Jones aderiu à ação e disponibilizará óculos e armações a partir de R$ 32, valor bem inferior aos R$ 100 pagos, normalmente, pelos clientes. Já as lentes de grau estarão disponíveis pelo preço inicial de R$ 58. “Esperamos que melhore as vendas e consigamos salvar o mês. As vendas retraíram muito nos últimos 3 meses, porque as pessoas andam inseguras com a pandemia. E o Dia Livre de Impostos é ótimo para movimentar o mercado”, destaca Fernanda Rodrigues, gerente da empresa.

 

“No nosso setor, apenas na entrada dos produtos pagamos de 8% a 15% de imposto (ICMS)”, alerta Maiço Silva Mialho, supervisor da Tecno Obras, empresa que comercializa materiais como gesso, drywall, steel frame e forros modulares. Placas de gesso FGA serão vendidas por R$ 15,50, queda de quase 33% sobre o preço original (R$ 23,08).

 

Célio Fernandes, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), enfatiza que a ação visa demonstrar à sociedade que, do início do ano até hoje, data do evento, o brasileiro trabalha basicamente para pagar impostos, só depois começa a produzir recursos para si próprio.

 

O Dia Livre de Impostos tem a intenção de mostrar para a sociedade o impacto que os impostos têm sobre os preços dos produtos.

 

“Isso é importante porque o Brasil é um dos países que têm a maior carga tributária do planeta. E de outro lado, é um dos países que entrega os piores serviços para a sociedade como retorno desses impostos. Os empresários são convidados a aderirem à campanha oferecendo um ou mais produtos, tirando o peso do imposto e deixando bem claro qual o valor do produto e o valor do imposto”, informa.

 

A organização nacional estima que cerca de 5 mil empresas participem do evento em todo o Brasil. A lista de participantes pode ser consultada pelo site (www.dialivredeimpostos.com.br).

1 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like
Leia Mais

Patriota espera Bolsonaro

Um partido “moralmente conservador, economicamente defensor do livre mercado e confessionalmente cristão”. Que protege a vida desde sua…