Fim dos Tempos . Mãe confessa ter matado e esquartejado bebê de 5 meses

Seis dias após ser presa em Porto Velho (RO), Ramira Gomes da Silva, 22, confessou à polícia que matou e esquartejou o filho Brian, de 5 meses, no dia 17 de maio, em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá).

 

Em seu depoimento ela afirmou que matou o bebê para seguir com um relacionamento. Ela tem outra filha, de dois anos, que é criada pelos avós paternos. Ramira responderá por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

 

Leia também – Populares acham corpo com saco na cabeça e mãos amarradas

 

O crime foi cometido com requintes de crueldade. Segundo a mãe, na madrugada de 14 de maio ela matou o bebê asfixiado com um travesseiro. Foram necessárias duas tentativas para conseguir matar o filho, que estava no carrinho.

 

Depois do homicídio, ela levou o corpo até a pia da cozinha, onde cortou as mãos e pés do filho, para facilitar esconder o cadáver. Ela colocou os membros dentro de latas de leite em pó, embalou em sacos de lixo e deixou na lixeira em frente da casa.

 

Ela ainda lavou o local e jogou as roupas que usava fora. O corpo foi enterrado em uma cova rasa embaixo de um tanque de lavar roupa no quintal.

 

Ao amanhecer, foi até o mercado para comprar produtos de limpeza para tentar eliminar os vestígios de sangue na cozinha. Depois de ter matado o filho, ela ainda compareceu à uma consulta no dentista, como se nada tivesse acontecido.

 

Após o crime ela comprou passagem para Cuiabá, de onde seguiu para Porto Velho e tinha como destino Manaus (AM). Após um vizinho encontrar o corpo em 17 de maio, a Polícia Civil começou a investigar seu paradeiro e conseguiu informações sobre a fuga, até localizar a mulher em um barco com destino a Manaus. (Com informações da assessoria)

59 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like