Empresario descorbri que funcionario pegou R$ 100 ; Assassinou

Polícia Civil prendeu Bertinetti Perroni Vasques da Silva, 46, apontado como autor do assassinato de dois homens, sendo que um deles era funcionário de seu bar, em Juara (709 km ao Médio-Norte de Cuiabá), no dia 7 de março. O crime ocorreu após o homem descorbrir que a dupla furtou R$ 100 do caixa. Comparsa dele está foragido.

Reportagem do  chegou a divulgar, na manhã do dia 7, a morte de Gean Pablo Martins Bertolde, 19 e Renato da Silva Sabino, 25, ocorrida durante a madrugada na ponte do rio Arinos. Na cena do crime, Bertinetti ficou como testemunha e acionou os policiais afirmando ter visto um motoqueiro deixando o local e atirando contra os homens.

Essa versão foi registrada no boletim de ocorrência, que ainda o colocou como testemunha do fato. Mas, durante a investigação da Polícia Civil, liderada pelo delegado Carlos Henrique Engelmann, a versão foi uma farsa.

 

Mesmo após a versão dada preliminarmente aos militares no dia do crime, ele acabou prestando depoimento à Polícia Civil e acabou se contradizendo. Entrevistas que o homem deu à imprensa também foram usadas para atestar sua contradição.

Após vária diligências, com colhimento de provas, ele e outro homem foram identificados como autores do duplo assassinato. A motivação foi o furto de R$ 100 do caixa do bar. O comparsa do crime está foragido.

As vítimas foram mortas com tiros na cabeça e nas costas. O inquérito foi finalizado e entregue à Justiça.

1 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like