Eleição em Cuiabá terá limite de gastos de R$ 10,2 milhões, estima TRE

O limite de gastos para cada candidato a prefeito em Cuiabá deverá ser de R$ 10,2 milhões no primeiro turno das eleições municipais de 15 de novembro. A estimativa extraoficial é do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE).  O valor é um pouco maior do que das eleições municipais de 2016 na capital, quando o limite para prefeito foi de R$ 9 milhões.

Já em relação aos candidatos a vereador, o limite de gasto será de R$ 560,5 mil. Em 2016, foi de R$ 412 mil para vereador.   Ainda de acordo com o cálculo realizado, caso tenha 2º turno, o candidato poderá gastar mais R$ 4,1 milhões. Lembrando que a estimativa ainda não é oficial, já que os valores de gastos é determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) através de resoluções.

Pelos cálculos do TRE, o menor valor permitido para se gastar para prefeito será de R$ 123 mil. Já em Sinop (500 km ao norte da Capital), a previsão é que o limite para prefeito seja de R$ 1,2 milhão para prefeito e R$ 117 mil para vereador.  Em Primavera do Leste (231 km ao sul), o limite de gasto será um pouco maior. R$ 2,1 milhões para prefeito e R$ 101 mil para vereador.

 

Já para a eleição suplementar ao Senado, para a vaga da senador cassada Selma Arruda (PODE), o valor se manterá em R$ 3 milhões, como foi em 2018.

 

Custo das eleições  

De acordo com o presidente do TRE, desembargador Geraldo Giraldelli, o custo total as eleições deste ano será de R$ 16,7 milhões, sendo R$ 11,3 milhões de custeio e R$ 5,3 milhões com pessoal.  Levando em consideração os 2,3 milhões de eleitores que estão aptos a votar, o custo das eleições será de R$ 7,30 por eleitor.

 

Horário

A votação nas eleições de 15 de novembro próximo ocorrerá das 7h às 17 horas em Mato Grosso. Com uma hora a mais, a justiça eleitoral também estipulou que das 7h às 10 horas, os eleitores com mais de 60 anos terão preferência para votarem. A medida se deve por conta da pandemia do novo coronavírus, sendo que as pessoas com mais de 60 anos são consideradas grupo de risco.

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like
Leia Mais

URGENTE: E AGORA MANDETTA?

O empresário Edson Torres afirmou nesta quarta-feira (13), em depoimento no processo de impeachment do governador afastado Wilson Witzel (PSC),…