Mais um envolvido em ataque a Confresa é morto em confronto com a PM

Morreu durante confronto com a Polícia Militar de Mato Grosso mais um dos envolvidos no atentado em Confresa (1.160 km a Nordeste) no último dia 9 de abril. Após os ataques os bandidos fugiram para o Estado do Tocantins, onde ainda estão foragidos. Em ação realizada na madrugada de hoje (27), além do suspeito morto, outros dois acusados trocaram tiros, mas conseguiram fugir.

Até o momento já foram 8 suspeitos mortos em confrontos e dois presos. A ação mais recente ocorreu próximo à cidade de Marianápolis do Tocantins (TO), em uma região rural e de mata.

De acordo com a polícia, os três suspeitos estavam armados com fuzis. O suspeito morto será identificado pela Polícia Civil e pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). A arma dele foi apreendida.

Os outros dois suspeitos fugiram para a região de mata após o confronto com a Força Tática da PM. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) irá adentrar na mata para localizá-los.  O caso  

Base da Polícia Militar foi atacada por criminosos fortemente armados na cidade de Confresa, no dia 9, um domingo. Os ataques ocorrem em outros pontos da cidade. Equipes de reforço da Segurança foram acionadas para dar suporte.

A ação criminosa iniciou com o cerceamento da base da PM e a invasão à sede da empresa Brinks, durante a tarde.

Uma operação foi montada para reconhecer os responsáveis pelos atos, e até o momento seis pessoas foram mortas e um foi preso.

Uma força tarefa composta por polícias de diversos estados, incluindo Mato Grosso, está no Tocantins em busca dos envolvidos no ataque.

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like