Após a escalada recente nos preços da gasolina e do etanol, bombas de alguns postos de combustíveis em Cuiabá agora chegam a apersentar queda de até R$ 0,10 no preço cobrado pelo litro. E há prognósticos positivos para o bolso dos motoristas da região.

Os consumidores da região metropolitana certamente se lembram da rápida alta experimentada pelos preços dos combustíveis desde o ano passado. Em três meses, o etanol – que custava R$ 1,89 o litro – chegou a custar R$ 2,75 e até o Procon chegou a se manifestar e a apurar a eventual ocorrência de cobrança abusiva nos postos.

Agora, os motoristas têm tido um relativo alívio na aquisição de combustíveis na região – e a redução nos preços pode estar relacionada justamente à mudança de comportamento dos consumidores provocada pela expressiva alta anterior.

Com a alta, os consumidores passaram a abastecer com menos frequência e até a substituir viagens em veículo próprio por trechos com transporte público, provocando um excedente de combustível nas usinas. Estas, por sua vez, viram-se forçadas a reduzir o preço por litro dos combustíveis para assegurar as vendas do produto.

Em fevereiro, por exemplo, houve queda de 1,6% nas vendas de etanol em comparação com o mês anterior, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP); com a gasolina, a queda foi de 1,3%. Em Cuiabá, entre a semana retrasada e a semana passada, houve redução de até R$ 0,10 nos preços  da gasolina e do etanol. Em média, o litro da gasolina passou a custar R$ 3,73 e o litro do etanol passou a custar R$ 2,65.

Há postos praticando valores até inferiores a esses e há previsão de que o preço do etanol sofra ainda mais redução devido ao início da safra de cana-de-açúcar em abril (o que também provoca redução no preço do litro da gasolina), mas é improvável que o preço do etanol volte para abaixo de R$ 2,00. A previsão de variação é de até 20% em favor do consumidor.

fonte : g1 mt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *