A forte chuva que caiu nas últimas 24 horas em Mirassol D’Oeste deixou várias famílias desabrigadas e o município isolado. A intensidade do temporal fez as pontes da estrada do Jabuti, da Cohab do Robertão e do Jardim Shangri-la, além das estradas estaduais a MT-248 E MT-250, cederem impedindo a passagem de veículos e a travessia de pessoas.

O prefeito Elias Leal, após reunião com a Comissão de Defesa Civil, decretou estado de emergência. “Infelizmente foi muita chuva forte em um prazo de tempo muito curto. Vocês podem ver os estragos. Agora o trabalho é de reconstrução. O mais importante é que não houve feridos”, destacou.

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Mirassol D´Oeste (Saemi) foi atingido pela forte chuva. Danos nas adutoras do Córrego Carnaíba e do Córrego do André, além de uma bomba que virou no Córrego Ribeirão Caeté, deixaram Mirassol D’Oeste sem abastecimento de água. A estimativa é de que em três dias, a contar desta sexta-feira (25), o fornecimento seja restabelecido.

Segundo levantamento da Secretaria de Obras choveu o equivalente ao total dos últimos 4 meses, atingindo a marca de 157 mm. Uma equipe da Prefeitura segue de plantão para as emergências com a possibilidades de mais tempestades e também no sentido de abrigar a população que não tem como permanecer em suas casas neste momento.

fonte; gazeta digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *