Para cobrar mais segurança, os servidores da agência vip do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran) paralisaram as atividades pelo segundo dia consecutivo. Os funcionários suspenderam o atendimento nesta quinta-feira (10) após um assalto na unidade. Dois homens armados invadiram a agência que não tem sistema de monitoramento e guarda armada e levaram uma quantia em dinheiro, na quarta-feira (9).

O Detran-MT informou que desde o ano passado estuda a implantação de câmeras e vigilantes armados na agência. A autarquia informou também, que deve reavaliar a instalação de postos bancários nas unidades.

saiba mais

Segundo o servidor Célio Roberto da Silva Lemos, que representa os outros funcionários, as atividades na unidade não serão retomadas até que alguma medida seja tomada. “Nós só pedimos mais proteção para nós e para os usuários. O problema é que não temos nenhuma câmera, nenhum segurança na agência”, afirmou.

A suspensão dos atendimentos começou na quinta-feira (10) após o assalto. De acordo com os servidores, pelo menos 600 pessoas deixaram de ser atendidas nos dois dias de paralisação.

Dois homens armados invadiram a agência na quarta-feira (9) durante o expediente e assaltaram a agência bancária instalada na autarquia. A dupla fugiu em uma moto levando uma quantia de R$ 1,3 mil. Segundo Célio, a ação durou menos de 10 minutos. Eles foram presos no mesmo dia.

A polícia só foi acionada quando um usuário que chegava na unidade percebeu a movimentação. “Foi um susto muito grande. Na hora do assalto tinham idosos, mulheres grávidas e com criança de colo”, contou.

De acordo com os servidores, as atividades na agência só devem ser retomadas quando as reivindicações forem atendidas.

 

Fonte : g1 mt

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *