deverá responder por embriaguez ao volante, duas lesões corporais culposas e homicídio culposo – quando não há intenção de matar.

Ele foi preso logo depois dos crimes e deverá comparecer a audiência de custódia nesta segunda-feira (7), para que a Justiça decida se vai continuar detido.

saiba mais

Exame do bafômetro comprovou que o motorista, que tem 28 anos, havia bebido antes de dirigir o veículo.

“A testemunha, que é amiga do suspeito, confirmou que os dois ingeriram bebida alcoólica. O suspeito se submeteu ao teste do bafômetro, com resultado positivo de 0, 83 miligramas de álcool por litro de sangue”, disse o delegado Rogério Silva Ferreira

 As três mulheres atropeladas, contratadas de uma empresa terceirizada de limpeza que presta serviço ao Pronto-Socorro de Cuiabá, estavam esperando o ônibus, na Avenida General Mello, no bairro Poção, para irem ao trabalho.

Uma delas, Jane Maria Alves da Rosa, de 49 anos, chegou a ser levada ao PS da capiital, mas não resistiu. O filho da vítima lamentou a morte. “Fiquei sabendo quando o meu pai me ligou. Vim diretametne pra cá, pro PS. Fatalidade, minha mãe faleceu. Chegou já falecida. Mais um crime de trânsito”, disse o frentista Jandilson Alves Rosa.

As outras duas mulheres atropeladas têm 27 e 46 anos de idade. Elas foram levadas ao PSMC, mas o estado de saúde delas não foi revelado. O motorista é de Juína, a 737 km de Cuiabá. Ele disse em depoimento que veio para a capital para fazer compras para a pizzaria dele e que havia decidido passar o fim de semana na cidade.

 

 

Fonte : G1 MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *