O treinador de artes marciais e de fisiculturismo Edson Ogawa, 63, morreu de covid-19

O treinador de artes marciais e de fisiculturismo Edson Ogawa, 63, morreu de covid-19, nesta segunda-feira (7). Ele estava internado no Hospital da Unimed, em Rondonópolis (215 km ao Sul).

Segundo informações, ele estava hospitalizado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há 16 dias e o quadro de agravou Ele chegou a ficar com 60% dos pulmões comprometidos.

Muito conhecido na cidade, o treinador foi responsável por abrir a primeira academia de fisiculturismo em Rondonópolis.

Por conta do destaque no setor esportivo, o empresário foi homenageado com a “Medalha de Honra ao Mérito Esportivo, Ayrton Senna”, oferecida pela Câmara de Vereadores da cidade.

Nas redes sociais, amigos e ex-alunos deixaram mensagens de pesar pela perda do esportista que treinou mais de 20 mil pessoas, formando atletas de vale tudo, jiu jitsu, muai thay, boxe, como o lutador de MMA.

“Mesmo que eu usasse todas as palavras do mundo, elas ficariam aquém do que você merece. Saber que você não estará mais entre nós é uma dor inexplicável. Agradeço por todo o bem que você proporcionou a quem estava ao seu redor”, escreveu um amigo.

4 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like