86 MILHÕES SÃO BLOQUEADOS PELO GAECO EM ESQUEMA NO TRANSPORTE DE MT

O empresário Eder Pinheiro, da Verde Transportes, teve prisão preventiva decretada, nesta sexta-feira (14), pela Justiça.

 

O presidente do Sindicato dos Empresários do Setor de Transporte Intermunicipal de Passageiros (Setromat), Júlio César Sales, será monitorado por tornezeleira eletrônica.

 

Ele também está proibido de se ausentar do Estado, frequentar alguns órgãos públicos e manter contato com outros investigados.

 

O Ministério Público Estadual (MPE) deflagrou, na manhã de hoje, a terceira fase da operação Rota Final.

 

Agentes do Gaeco ainda cumprem ordem de sequestro judicial de bens dos investigados até o montante de R$ 86 milhões – , abrangendo vários imóveis, duas aeronaves, vários veículos de luxo, bloqueio de contas bancárias e outros bens necessários ao ressarcimento do prejuízo acarretado pela prática dos crimes.

 

A Rota Final apura crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraude a licitação do setor de transporte coletivo intermunicipal, feita pela Secretaria de Infraestrutura do Estado e  Ager-MT.

 

Segundo apurou a reportagem, são alvos também o deputado estadual Dilmar Dal’Bosco (DEM) e o suplente Pedro Satélite (PSD). Ainda foram cumpridos mandados contra uma assessora parlamentar.

 

Mais de 20 investigados

 

A investigação, iniciada pela Polícia Civil, foi encaminhada, com autorização do Tribunal de Justiça e ao Gaeco em meados de 2019.

 

O Inquérito policial possui 47 volumes de elementos de informações. Mais de vinte pessoas são investigadas, dentre eles empresários e políticos.

 

A decisão do TJ-MT proibiu a divulgação de conteúdos da investigação, bem como dos resultados da operação.

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like