Antes de morrer, advogado fez alerta em vídeo

Dois advogados em Mato Grosso morreram vítima da covid-19 nas últimas 24 horas. João Faustino Neto, 43 anos, e Affonso Ibaldo Kunzler, 83 anos, estavam internados em hospitais de Pedra Preta e Sinop, respectivamente.

 

Internado no hospital municipal de Pedra Preta, João Faustino chegou a gravar um vídeo e citou o medo da doença. “Realmente, estou no maior cagaço”, cita ao relatar o fato de ser uma doença nova e com muitas divergências nos estudos.

 

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Mato Grosso, Leonardo Campos, manifestou solidariedade às famílias e amigos dos dois profissionais.

 

“Um pioneiro da advocacia do Norte de Mato Grosso e cuja contribuição foi muito importante para a criação da subseção sinopense, há quase 35 anos”, destacou Leonardo Campos. Ibaldo Kunzler foi um dos 23 advogados que lutaram pela defesa das prerrogativas da advocacia a partir da representatividade que se fortaleceu com a subseção.

 

Atualmente, ele também estava vinculado à dubseção de Peixoto de Azevedo, pois residia em Guarantã do Norte.

 

Na nota em que também lamenta a morte de João Faustino, Leonardo lembra que o profissional fez alerta sobre os cuidados necessários para não ser infectado pela doença.

 

“Declaramos pesar e manifestamos solidariedade à família e amigos do jovem advogado”, reiterou Campos.  Os dois morreram no domingo (7).

 

Veja vídeo

 

 

Vídeo

1 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like