Uma adolescente de 14 anos e a irmã dela de apenas 1 ano estavam sozinhas em casa, na noite desta segunda-feira (8), por volta das 20h20, quando 2 ladrões entraram armados e anunciaram o assalto, no bairro Parque das Rosas, em Rondonópolis (212 Km ao Sul de Cuiabá).

As 2 irmãs ficaram na mira de um revólver e chegaram a ser alvos de um disparo, durante roubo frustrado.

O que os ladrões queriam era o veículo Toyota Corolla prata, ano 2009, do dono da casa e pai das meninas, o freteiro C.C.B, 41. Ele não tinha chegado do trabalho ainda na hora do assalto e a esposa dele havia ido a um velório. “Elas muito raramente ficam sozinhas, mas minha menina de 14 anos está de férias e achamos que tudo bem dela cuidar da menorzinha, porque o bairro é sossegado. Só que a malandragem em Rondonópolis agora está muita e crescendo”, lamenta o homem.

Boletim da ocorrência narra que os ladrões já chegaram pedindo a chave do carro à menina maior que estava, com a bebê, na cozinha da casa. Ela logo entregou a chave, mas a dupla não conseguia abrir o portão eletrônico . No nervosismo um deles atirou contra elas, que nesta hora já estavam na sala, mas errou, acertando a cerâmica do chão.

Nessa hora, a bebê chorou gritando de susto com o barulho do tiro e os vizinhos ouviram, tanto o choro quanto o tiro e acionaram a Polícia Militar. Ligaram também para o pai delas, que já estava próximo de casa. Minutos depois, foi a mãe que chegou às pressas, querendo saber se as filhas estavam bem.

“Depois que atiraram logo saíram sem levar nada, foi um roubo que deu errado, mas desconfio que iam encher o Corolla com televisão, celular, nossas coisas”, detalha.

Apesar do susto, as meninas estão bem.

Quando os 2 ladrões saíram, se juntaram a um 3º que dava apoio do lado de fora da residência. Fugiram a pé.

 

A Polícia Militar, assim que acionada, começou a fazer rondas na região e, com informações apenas de algumas características dos ladrões e a cor das camisas deles, visualizou os suspeitos, já em frente a uma residência, em outro bairro, o Sagrada Família, sendo 2 maiores e 2 menores de 18 anos.

O 4º elemento é acusado de ser comparsa, mas não estava na situação do roubo. São eles José Pedro Neto, 19, Lucas Campos Dias Sementino e os adolescentes R.E.F.B., 16, e C.W.G.S., 17.

O dono da residência permitiu que a PM entrasse para fazer a varredura no local. Foram encontradas porções de maconha e balança de precisão, costumeiramente usada pelo tráfico, para pesagem e posterior acondicionamento de porções para venda.

José Pedro Neto negou ser dele os objetos ilícitos, mas diante dos fatos os 4 foram presos e encaminhados à 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis. Vão responder por roubo tentado, associação para o tráfico e tráfico de drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *