O ex-vereador Paulo Borges assumiu a presidência do Diretório Estadual do PSDB com a missão de aproximar o partido do governador Pedro Taques, bem como evitar o distanciamento entre Taques e o deputado federal Nilson Leitão que está deixando o posto de presidente da sigla tucana após 6 anos.

Segundo Borges, a missão é fazer a unificação do partido e de seus membros para garantir o projeto politico para 2018, que é a reeleição de Taques e a obtenção de uma vaga no Senado. Nos bastidores, o nome de Leitão já é dado como pré-candidato.

“Vamos fazer a unificação do partido, dos membros de dentro, com os dois maiores lideres da sigla, que é o governador Pedro Taques e o deputado Nilson Leitão. Uma possível saída do governador do partido irá trazer consequências para o PSDB como também para o projeto político do governador”, disse Borges.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *