O governo de Mato Grosso anunciou a suspensão dos salários de 1.481 servidores públicos que não participaram do processo de recadastramentorealizado anualmente pela Secretaria de Estado de Gestão (Seges). Caso não regularizem a situação, eles poderão responder a um processo admnistrativo disciplinar, segundo o governo.

O recadastramento será reaberto para regularização destes servidores no próximo dia 20 de outubro pelo portal da Seges e irá seguir até o final deste ano. Conforme a Seges, os salários permanecem suspensos até que o servidor inadimplente participe do processo, que é feito pela internet.

O servidor que não concluir a atualização cadastral até o dia 29 de dezembro responderá a um PAD e só poderá voltar a receber após o processo ser concluído.

O processo de regularização deverá conter o requerimento padrão preenchido, o comprovante de conclusão da atualização cadastral extemporânea, além da apresentação de cópia das três últimas folhas de frequência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *