Funcionários da Infraero protestaram contra o projeto de privatização do aeroporto

Funcionários da Infraero protestaram contra o projeto de privatização do aeroporto

Pela segunda vez consecutiva, o Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, apresentou uma evolução na pesquisa de público, divulgada nesta segunda-feira (31) pela Secretaria Nacional de Aviação Civil, no próprio aeroporto. No entanto, dos 15 aeroportos avaliados, o Aeroporto Marechal Rondon ficou em 14º lugar.

Na pesquisa, os passageiros elencam um índice de satisfação numa escala de 1 a 5. São avaliados 31 quesitos, entre eles conforto acústico, custo dos produtos comerciais, número de vagas no estacionamento.

“O maior deficit daqui é igual aos outros aeroportos que foram avaliados. É um problema universal e a reclamação universal: o preço dos serviços dos aeroportos. A comida é cara, a lojinha é cara, o estacionamento é caro”, disse Dário Lopes, secretário de Aviação Civil.

Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande (Foto: Reprodução/TVCA)Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande (Foto: Reprodução/TVCA)

Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande (Foto: Reprodução/TVCA)

Durante a divulgação da pesquisa, funcionários da Infraero fizeram um protesto. Eles são contra a privatização do aeroporto.

“Não há projeto de privatização da empresa. O que há é um projeto de concessão de algumas unidades. Não queremos entregar para a iniciativa privada a gestão aeroportuária. Nós queremos trazer a iniciativa privada para fazer a gestão de um artigo que é público”, afirmou Lopes.

Pela segunda vez consecutiva, o Aeroporto Internacional Marechal Rondon apresentou a maior evolução no índice de satisfação geral de um aeroporto em relação a si próprio. O crescimento desta vez foi de 21,1%, considerando o segundo trimestre de 2016 e de 2017. Na primeira avaliação deste ano, o terminal mato-grossense já tinha apresentado um aumento de 23% na comparação com o ano anterior.

Com o resultado, a nota do aeroporto passou de 3,36, em 2016, para 4,07, em 2017. Agora, o terminal acumula crescimento por cinco rodadas consecutivas no indicador de satisfação geral do passageiro.

No ranking geral, o terminal de Viracopos, em Campinas (SP), teve a maior nota (4,90), com um crescimento de 13,1% em relação ao mesmo período de 2016, seguido por Curitiba (4,74) e Brasília (4,58). A menor nota foi do Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Salvador (BA), com 3,86, que embora seja o único aeroporto abaixo da meta estipulada pela Conaero, apresentou melhoria de 2,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *