Para otimizar o trabalho dos agentes de trânsito e obter melhor controle na aplicação de infrações, os profissionais de fiscalização da Secretaria de Mobilidade Urbana, em Cuiabá utilizam celulares do tipo smartpfones projetados para aplicar multas, em tempo real, diferentes dos antigos talões de bloco de papel. São 40 aparelhos, que no período de janeiro a maio de 2017 registraram 71,3% das notificações e autuações, em relação ao mesmo período de 2016, que foi de 73,5%.

Os aparelhos não têm nenhum tipo de aplicativos de acesso para qualquer rede social da Internet. De acordo com o diretor de trânsito, Michel Diniz, um auto de infração que demoraria um minuto no talão, agora é feito em 15 segundos com o smartphone, como no caso de uma das situações mais comuns que é o estacionamento irregular.

No novo modelo, os agentes preenchem as infrações no smartpfone já conectado com a Semob. Até então a inovação era rejeitada pela população que acreditavam que os aparelhos dos agentes eram celulares comuns. Os agentes de trânsito manuseiam os smartpfones, nos cruzamentos de ruas e avenidas de Cuiabá, como ferramentas de trabalho. Os aparelhos imprimem a multa no momento das infrações oferecendo rapidez na informação do agente com a central de multas na Semob e também com o condutor infrator, que poderá receber a multa, caso ele esteja presente no local da infração.

Com os smartphones, os agentes ganham até 60% de efetividade na execução de suas atividades com qualidade e confiabilidade reduzindo possíveis erros no registro das infrações.

Galeria de Fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *