A equipe que dominou os dois primeiros treinos livres para o GP da Inglaterra liderou também a última sessão antes do classificatório, na manhã deste sábado. A única coisa que mudou foi o piloto mais rápido. Se no primeiro dia de atividades foi Valtteri Bottas quem colocou a Mercedes no topo da tabela de tempos, hoje foi Lewis Hamilton quem dominou a sessão, que teve visita da chuva nos 15 minutos finais. Com 1m28s063, o britânico anotou a volta mais rápida do fim de semana, superando em muito a sua volta da pole de 2016 (1m29s287). Logo atrás do britânico aparece seu grande rival no ano, Sebastian Vettel, separado por apenas 0s032. Valtteri Bottas, Kimi Raikkonen e Nico Hulkenberg completaram o top 5. Felipe Massa ficou com o nono melhor tempo.

Os pilotos retornam à pista ainda na manhã deste sábado, às 9h, para o treino que define o grid do GP da Inglaterra, o 10º da temporada 2017 de Fórmula 1. Você acompanha ao vivo no SporTV e/ou em tempo real no GloboEsporte.com.

FP3 Inglaterra (Foto: Reprodução)FP3 Inglaterra (Foto: Reprodução)

FP3 Inglaterra (Foto: Reprodução)

Escapadas, rodadas e mais

Com a chuva que começou a cair no Circuito de Silverstone faltando 15 minutos para o encerramento da sessão, teve piloto escapando, rodando e quase batendo, como foi o caso de Daniel Ricciardo na reta principal. O australiano perdeu a traseira do carro, rodou e por pouco não acertou o muro. A Sauber de Marcus Ericsson também passou por um susto. A chegada da chuva pode mudar completamente o resultado do treino classificatório, já que a habilidade do piloto passa a ser fundamental com a pista molhada.

Punições para a corrida

Por falar em Ricciardo, o piloto da RBR terá um início complicado de GP da Inglaterra, por mais que anote a pole no treino de logo mais. É que, assim como Valtteri Bottas, seu carro teve a caixa de câmbio trocada antes do prazo para que a substituição ocorresse de “forma natural”, que é o período de seis provas consecutivas. Por causa disso, Ricciardo será punido, assim como Bottas, com cinco posições no grid de largada. Fernando Alonso é piloto que terá o maior número de penalidades pelas trocas feitas em Silverstone. Como a equipe trocou quase todos os componentes da unidade de potência, estourando praticamente todos os limites de quatro peças por ano, terá de pagar punição de 25 lugares no grid. Ou seja, o espanhol já larga em último independemente de qualquer resultado obtido na definição do grid.

NOVO-HORARIO-CIRCUITO-INGLATERRA (Foto: Infoesporte)NOVO-HORARIO-CIRCUITO-INGLATERRA (Foto: Infoesporte)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *