O líder da bancada federal de Mato Grosso em Brasília, deputado Victório Galli (PSC), afirma que a troca de partido do colega Valtenir Pereira do PMDB para o PSB não muda em nada o relacionamento com a bancada. Entende, no entanto, que Valtenir está formando um vulcão no Estado.

“O problema é que ele está criando um vulcão aqui no Estado em relação ao PSB, mas se fosse eu não faria o que ele está fazendo”, disse durante lançamento do programa “Endereço Certo”, no Palácio Paiaguás.

O deputado ainda alfinetou Valtenir, quando questionado sobre uma eventual mudança de posicionamento com relação ao governo Michel Temer (PMDB), tendo em vista que  no PSB a posição é oposicionista. “Infelizmente, ele está se despontando como quem gosta de encrenca. Não sei o que ele fazer com isso, não”, contesta.

Crise no PSB 

A crise no PSB de Mato Grosso começou quando o deputado federal Fabio Garcia foi destituído da presidência estadual por ter votado a favor da reforma trabalhista na Câmara dos Deputados. O problema se agravou quando Valtenir foi nomeado pelo Diretório Nacional para substituí-lo, falando em conduzir a sigla para fazer oposição ao governador Pedro Taques (PSDB).

Além de Oscar e Fabio, o grupo dissidente reúne o ex-prefeito cuiabano Mauro Mendes, o deputado federal Adilton Sachetti. Os deputados estaduais Eduardo Botelho, Mauro Savi e Adriano Silva também estão contra Valtenir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *