Comerciante vai para motel com dois rapazes que o trancam em quarto e roubam seu veículo Prisma. O automóvel foi localizado abandonado, danificado em uma das portas, horas depois, no Jardim Aeroporto, na manhã do domingo (12).

O proprietário E.J., 45, chegou a apresentar duas versões para o crime. Em uma delas disse que teve o celular furtado por um usuário de drogas da Praça Maria Taquara. Então contou a história para outros dois moradores de rua da região, que se prontificaram a ir com ele na casa do ladrão para que recuperasse o aparelho.

 

Disse que os três entraram no veículo e quando parou em um posto de combustível na avenida da FEB, em Várzea Grande e desceu, os dois fugiram levando o Prisma e a carteira com R$ 800.

O segundo registro, feito junto à Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos da Capital, afirmou que teria chamado os dois rapazes que conhece como Felipe e Mateus para tomarem cervejas em um motel. Quando lá estavam, os rapazes o empurrarão e o trancaram dentro do quarto, fugindo com o veículo e a carteira.

Precisou acionar a portaria para ser liberado. Um dos porteiros que atua no residencial, acionou a Polícia Militar pela manhã, que providenciou o guinchamento do veículo até a Especializada.

O comerciante, por sua vez, acabou sendo conduzido até a Central de Flagrantes da Capital na manhã do domingo, por uma equipe da Polícia Militar. Ele havia detido L.S.P., 23, acusando ele do furto do celular. O homem negava o fato e dizia não conhecê-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *