Atualizada às 08h49 – Uma criança de apenas 20 dias, em péssimas condições de higiene, e um adolescente de 13 anos, J.W.C.R., foram encontrados, na madrugada desta segunda-feira (6), por volta das 2 horas, dentro de um carro, em posto de combustível, em Várzea Grande , local problemático, segundo a Guarda Municipal, que atendeu a ocorrência.

Conduzia o carro Wisley de Campos, 34, suposto pai do adolescente, e no carona seguia com eles a adolescente L.C.A.S., de 16 anos. Ela é mãe do recém-nascido.

 

Conforme o relato dos plantonistas, o bebê estava enrolado em panos sujos, com mal cheiro. O guarda municipal Alberto, que prestou informações ao Gazeta Digital, informa que tanto o bebê, quanto o adolescente foram encaminhados ao Conselho Tutelar de VG.

No carro, a Guarda Municipal encontrou porção de maconha.

O carro, um Voyage prata, placas NBG-0087, de Cuiabá, é fruto de roubo, conforme confirmado pelo sistema do Ciosp.
Não há relatos de embriaguez do casal, que vai responder por roubou ou receptação de veículo e corrupção de menores, pela situação de vulnerabilidade principalmente do recém-nascido.

O conselheiro Claudionor Barbacovi relata que a mãe do recém-nascido admitiu, embora não seja casada com Wisley – o marido dela estava trabalhando de plantão – saiu com ele e amigas para tomar cerveja no Posto Concórdia.

“Entreguei a criança à avó precisando trocar fralda, tomar banho. Ao saber do ocorrido, ela ficou desesperada”, detalha o conselheiro Barbacovi.

A mãe será encaminhada a tratamento psicológico. “Embora tenha errado, pode ter a chance de fazer diferente daqui pra frente”, alega Barbacovi.

Já o adolescente de 13 anos foi entregue à mãe, questionada sobre o que o garoto estava fazendo na rua a estas horas da madrugada. Ele também será encaminhado a atendimento psicológico.

Conforme o conselheiro, ele não é filho de Wisley.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *