Foi preso na madrugada desta terça-feira (21), por volta da 1h20, no bairro Alvorada em Cuiabá, acusado de furtar dinheiro na “boca” de caixas eletrônicos.

Com Lucielves Ramos Macedo, 26, a PM apreendeu 54 cartões bancários e todo um aparato suspeito para prática de um crime chamado “chupa cabra”, que nada mais é do que furto em caixa eletrônico.

Apreendeu também 21 pedaços de lata, que criminosos costumam introduzir no local onde sai o dinheiro do saque, e um aparelho chamado “pesca envelope”. Nesse caso, o cliente pensa que o envelope entrou no sistema bancário, mas, quando ele sai da agência, o ladrão puxa o dinheiro como se estivesse pescando.

Lucielves estava, segundo a PM, em situação suspeita, seguindo de carro, um VW Take Up branco, placas QBX 6549, quando abordado.

 

No carro, havia ainda 2 mini CDs, adaptador de cartão memória, frasco de arame para solda, uma entrada de cartão para clonagem, chave de fenda, fita adesiva dupla face, um celular e uma mala de roupas.

De acordo com o registro policial, Lucielves confessou que usa todo este aparato para furtar em caixas eletrônicos.

Ele ofereceu R$ 5 mil para os PMs soltá-lo e voltou a oferecer o suborno ao oficial do dia, no comando da região do 10º Batalhão.

Sendo assim, foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes, com escoriações no braço, que a PM alega ter sido de uma briga que Lucielves teve em um bar.

No BO, consta que o acusado é de Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *