A nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso tomou posse na manhã desta terça-feira em cerimônia realizada no Teatro Zulmira Canavarros, anexo a Casa de Leis. Assumiu o comando do parlamento o deputado estadual Eduardo Botelho (PSB).

A direção da Assembleia ainda tem os deputados Guilherme Maluf (PSDB) como 1º secretário; Gilmar Fabris (PSD) como 1º vice-presidente; Max Russi (PSB) como 2º vice-presidente; Ondanir Bortolini “Ninihno” (PSD) como 2º secretário; Baiano Filho (PSDB) como 3º secretário; e Silvano Amaral (PMDB) como 4º secretário.

Em seu discurso de posse, Eduardo Botelho destacou que manterá a linha de atuação da Mesa Diretora anterior, comandada pelo agora 1º secretário, Guilherme Maluf. Entre os atos, citou a economia de gastos, com devolução de R$ 20 milhões ao poder executivo para compra de ambulâncias destinadas aos 141 municípios.

Outro ponto ressaltado é a independência do poder, apesar de garantir a “parceria” em prol do desenvolvimento do Estado e do seu povo. Botelho citou que todas as mensagens do executivo foram amplamente debatidas na Assembleia. “Não ficou um projeto sem apresentação de emenda nem sem discussão”, assinalou.

EMOÇÃO

Em seu discurso, Botelho ainda destacou sua trajetória e se emocionou. Nascido em Nossa Senhora do Livramento, vem de família de 11 irmãos criados com dificuldades financeiras.

Ele citou que, junto com os irmãos, veio estudar em Cuiabá e passou a construir a vida. A emoção ocorreu quando lembrou do acidente com o seu irmão, ex-deputado Luiz Marinho. “Ele ficou quase um ano internado e saiu do hospital paraplégico. Mas depois disso criou a Associação Matogrossense dos Deficientes e veio em 1992 se candidatar a vereador. Foi vereador por 4 mandatos e uma vez deputado estadual”.

Mais informações em instantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *