O secretário de Políticas Agrícolas do Ministério da Agricultura, Neri Geller, filiado ao PMDB, quer que Cuiabá seja a capital do agronegócio. Ele foi liberado pelo ministro Blairo Maggi e manifestou apoio a Emanuel Pinheiro (PMDB) na manhã desta segunda-feira (10). Afirmou que atuará de forma propositiva na campanha do candidato.

O argumento do secretário é que o setor do agronegócio é um grande gerador de emprego e, em tempos de crise, é preciso que os prefeitos promovam novos postos de trabalho.

“A capital do agronegócio tem que ser contemplada por geração de emprego. E Emanuel tem condições de fazer isso e nós vamos te ajudar e ajudar muito. Por que Cuiabá não pode seguir o exemplo de Lucas do Rio Verde? De Campo Verde? Por que as pessoas não podem ter o emprego onde a economia está exaurida? Nada melhor que o pai da família ter, ao final do mês, o salário em dia”, indagou Geller.

Ressaltou que Mato Grosso é o número 1 na produção de soja, milho e algodão e criação de bovinos, por exemplo. Para ele, Cuiabá pode ser incluída nas grandes cidades produtoras.

“A baixada cuiabana tem condições para isso. Temos a produção aqui perto, a menos de 200 km. Nosso milho sai daqui e vai para o Rio Grande do Sul”, disse.

Ainda afirmou que não quer “um prefeito que pense em aumentar tributos. Esse setor está dando certo, tem qualidade de vida, gera emprego. Isso que nós queremos aqui para a nossa capital”, finalizou.

 

 

fonte ; gd

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *