Parceria realizada entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Ministério Público Estadual (MPE) e a Prefeitura Municipal de Barra do Garças permitirá a realização do evento de peregrinação ao Mirante de Cristo, localizado no Parque Estadual Serra Azul (Pesa), nesta sexta-feira (25.03), das 05h às 12h. Como o parque continua interditado, o acesso dos visitantes é permitido exclusivamente por meio da escadaria.

De acordo com a gerente do parque, Cristiane Schnepfleitner, essa é uma oportunidade para a população fazer suas orações, fortalecendo a espiritualidade. “O desejo dos cristãos é viver a fé e ter um dia especial de dedicação à Cristo. A reabertura do mirante irá proporcionar esse momento importante”. Cristiane pede a colaboração de todos e alerta que não será permitida a descida até as cachoeiras, nem a entrada de veículos no interior da unidade.

Durante o evento, a equipe da Sema no município fará a fiscalização e o controle da peregrinação com apoio da Policia Militar, Corpo de Bombeiros, força aérea local, Batalhão de Infantaria Motorizado, Associação dos Amigos dos Animais e do Instituto Ambiental Portal do Roncador. Em anos anteriores, o público para este evento oscilou entre 5.000 e 8.000 pessoas.

Investimentos

O Parque Estadual Serra Azul recebeu investimentos do Ministério Público Estadual no valor de R$ 1,25 milhão para sua reabertura. Os recursos foram anunciados pela secretária da Sema, Ana Luiza Peterlini, e o promotor de Barra do Garças, Marcos Brant Gambier, durante uma reunião ocorrida no dia 19 de fevereiro.

Estão previstas para este ano quatro obras prioritárias com a primeira parcela do recurso assegurada pelo MPE por meio da conversão de penas alternativas: a revitalização da escadaria, incluindo a construção de uma guarita de acesso ao início da escada e banheiros públicos no bairro Santo Antônio; readequação do mirante do Cristo; melhorias na via de acesso por carro ao mirante; e reforma e ampliação à guarita principal do parque. As obras começam em abril e terminam em dezembro.

Foram assinados também termos de cooperação técnica com as instituições Associação Amigos dos Animais e Aliança da Terra para que elas auxiliem na gestão do plano de manejo da unidade de conservação.

Depois de um ano fechado, o Parque Estadual Serra Azul teve dois atrativos reabertos pela Sema no ano passado: duas rampas de voo livre e visitação monitorada para instituições de ensino. A proposta para 2016 é gradativamente dar acesso a novos pontos de visitação, mediante término das obras previstas.

O parque foi fechado entre o fim de agosto e início de setembro de 2014 em razão de uma ação recomendatória do MPE, depois que um incêndio queimou 80% da cobertura vegetal da área. Na época, entendeu-se que o órgão ambiental não tinha condições de manter a conservação do parque para uso público, nem para proteção da biodiversidade. Não estava em funcionamento o conselho consultivo, bem como o plano de manejo para o local não estava implantado.

Sobre o parque

O Parque Estadual da Serra Azul possuiu 11 mil hectares, fica no município de Barra do Garças e tem a vegetação de Cerrado. Foi criado como uma unidade de conservação a partir da Lei nº 6.439, de 31 de maio de 1994. Ao todo, Mato Grosso possui 46 unidades de conservação.

fonte ; gazeta digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *